Luís Feijó: Uma Shamir portuguesa que não para

O líder luso da fabricante de lentes falou à Millioneyes sobre a inquietude natural da “sua” Shamir e como a pandemia a “agravou”. Perante enormes desafios causados pelo congelamento da economia em 2020, a estratégia desta fábrica é mesmo continuar a criar novos patamares de produtos e serviços. Na calha do novo ano há formação especializada, há armações made in Portugal, há lentes com novas características e, claro, à imagem de Luís Feijó, mais tecnologia inovadora.

Perante o arranque de 2021, que perspetiva para a Shamir?

2021 é a continuação de 2020 – incerteza!-, mas mantemo-nos sempre positivos, procurando soluções.


Tem planos para implementar no novo ciclo?

Conforme mencionei, durante a fase “calma” do ano fomos desenvolvendo novos projetos. Um deles foi a montagem de uma unidade de produção de armações em acetato na Shamir Portugal e ainda o desenvolvimento de personalização de armações, também de acetato, feitas em prototipagem. Demorou mais do dobro do tempo normal, dadas as proibições de circulação dos técnicos para fazerem a instalação e formação. Tivemos que ser autodidatas e persistentes. Mas estamos na reta final e contamos entregar as primeiras encomendas já este ano: handmade in Portugal!

Ou seja, há grandes movimentos em marcha com a assinatura da Shamir Portugal.

Nunca pararam as movimentações! A Shamir teve, graças à sua organização, a  capacidade de se adaptar ao contexto pandémico de 2020 e, apenas uma semana após o confinamento do país, começámos uma ronda de webinars sobre os temas quentes do momento para poder apoiar os nossos clientes.  Abordámos aspetos legais e laborais ligados ao novo contexto (em evolução diária) como apoio aos empresários que se encontravam perante desafios enormes, mas também aspetos macro económicos, transformação digital, marketing digital, entre outros. Contámos com convidados de relevo, num formato que contou sempre com mais de 80 participantes. O importante foi manter a conetividade entre a classe da ótica. Queremos continuar a demonstrar e a aplicar essa proatividade junto dos nossos clientes, é intenção das nossas equipas continuar este caminho de proximidade e de utilidade. A transformação digital terá um papel importante no apoio aos nossos parceiros.

Entrevista completa na Millioneyes 96

No Comments Yet

Comments are closed